fbpx

Menu

Language

Foto Maneki Neko Alain Pham
Photo by Alain Pham on Unsplash

Manekineko: as lendas e curiosidades sobre o famoso gatinho da sorte japonês

Conhecido popularmente por Maneki-neko (招き猫 “gato acenando” na tradução literal do japonês), essa estatueta é popularmente conhecida como um ícone da cultura japonesa e muito usada como um amuleto de “Boa sorte e Prosperidade”. Seus simbolismos são tão fortes e importantes, que o objeto até ganhou um dia especialmente em sua homenagem, o Manekineko no Hi (“Dia do Gato da Sorte”). Fato esse que não é de se admirar, já que os gatos são um dos animais mais admirados pelos japoneses. Por isso, é muito comum que o Manekineko seja encontrado exposto em lojas, restaurantes e em outros tipos de estabelecimentos comerciais.
Texto: Guia Ooizine
Imagens: Reprodução
Photo by Jelleke Vanooteghem on Unsplash

As Lendas de origem do Manekineko

Existem diversas lendas sobre a verdadeira origem do “Gato da Sorte. Mas, há um consenso de que o Manekineko possa ter surgido pela primeira vez em meados do século XIX, durante o final do período Edo no Japão.

Maneki Neko at Gotokuji, Tokyo Photo by Susann Schuster on Unsplash

O Templo Gotokuji

Um dos contos mais populares de todos é a Lenda do Templo Gotokuji, que fala sobre um monge local que cuidava do Templo Gotokuji (a oeste de Tóquio) e que, apesar de muito pobre, o homem costumava compartilhar sua comida com seu gato Tama. Um certo dia, um senhor chamado Naotaka II da província de Hikone, durante uma tempestade forte decidiu se abrigar sob uma árvore bem perto do templo Gotokuji. O senhor viu o gato do monge acenando para ele e o seguiu; um instante depois, a árvore foi atingida por um raio e caiu. O homem rico grato pelo gato ter salvo sua vida, tornou-se muito amigo do pobre monge. Quando Tama morreu, ele foi enterrado no cemitério para os gatos, com isso supostamente no templo a primeira estatueta do Manekineko foi feita em sua homenagem.

Atualmente, Gōtoku-ji é tomado por milhares de estátuas de gatos, dos tamanhos mais variados. Pois, as pessoas têm o costume de viajarem até lá, para verem a variedade de gatos brancos e orarem pela boa sorte. As estátuas podem ser compradas no templo e geralmente são deixadas para trás como uma espécie de oferenda; embora muitos as levem para casa como forma de lembrança.

Foto Maneki Neko Joshua Olsen
Photo by Joshua Olsen on Unsplash

A gueixa e o seu kimono

A segunda lenda conta a história de uma gueixa, cujo gato de estimação foi pego certo dia arranhando seu kimono e acabou sendo decapitado pelo dono do bordel, que acreditou que o gato estivesse enfeitiçado. Então, a cabeça do gato voou para onde uma cobra estava pronta para atacar a gueixa, mantando assim cobra e salvando a moça. Para consolar a gueixa, um dos clientes fez uma estatueta de madeira semelhante ao gato e presenteou-a.

Foto Maneki Neko Katharine Crompton
Maneki Neko Photo by Katharine Crompton on Unsplash

A velha senhora de Imado

Uma outra lenda diz respeito a uma mulher idosa, que vivia no antigo município de Imado (今戸 | atual Asakusa 浅草, cuja localização está ao leste de Tóquio) e que precisou vender seu gato devido à extrema pobreza. Logo depois, o gato apareceu para ela em um sonho instruindo-a fazer em argila uma estátua semelhante a ele, dizendo-lhe que traria muita sorte. Assim ela o fez, seguindo as instruções do felino. Por fim, as estatuetas acabaram se tornando tão populares, que a velha senhora passou a vender cada vez mais esses objetos semelhantes ao seu gato e conseguiu sair da pobreza.

Foto Maneki Neko Angelsover
Photo by angelsover Pixabay

As simbologias do Gato da Sorte

É muito comum o Manekineko ser utilizado em lojas e restaurantes asiáticos. As estatuetas podem ser encontradas com a pata esquerda, pata direita ou com ambas levantadas. No geral, acredita-se que a pata esquerda levantada ajuda a atrair mais clientes, enquanto a pata direita levantada pode atrair mais riqueza e trazer boa sorte. Aliás, o Gato da Sorte pode ser encontrado em vários tamanhos, cores e com diferentes significados. Ou seja, dependendo da cor do Manekineko, haverá uma simbologia específica em torno dele.

Embora o Manekineko branco seja o mais comum – que representa sorte e felicidade –, existem outras cores com significados diferentes, como o preto que serve para trazer proteção contra doenças e espíritos malignos; o cor-de-rosa é indicado para aqueles que buscam sorte no amor e o verde para os que desejam ter sucesso acadêmico e profissional, enquanto o dourado prevê riqueza e prosperidade.

Imagen de sigit nur wicaksono en Pixabay

Onde ver o Manekineko

Na cidade de Okayama, em Okayama-ken existe um museu dedicado ao gatinho da sorte. É o Manekineko Museum of art, onde estão expostos mais de 700 tipos de Manekineko. Você pode conferir a página oficial do Manekineko Museum of art clicando aqui.

Em Seto, Aichi-ken, também é possível visitar o Manekineko Neko Museum, um edifício histórico que abriga mais de 5.000 gatinhos de todos os tipos. Você pode conferir a página do Maneki Neko Museum clicando aqui.

Clique para acessar

Entre em contato

Escolha seu idioma