fbpx
Imagem Monte Fuji
Monte Fuji é um vulcão considerado ativo – Imagem Freepik

Monte Fuji: um símbolo geográfico, espiritual e cultural do Japão

O Monte Fuji é um ícone emblemático do Japão, que sem dúvida, atrai milhares de visitantes – tanto japoneses quanto turistas estrangeiros – todos os anos às províncias de Shizuoka e Yamanashi. Além de ser considerado um símbolo sagrado, trata-se de uma bela montanha, rica em natureza e repleta dos mais variados tipos de flores. Com isso, muitas pessoas também gostam de visitar o Monte Fuji e o seu entorno para poderem fazer caminhadas, relaxarem, acamparem ou mesmo para fazerem escaladas. Conheça agora um pouco mais sobre essa preciosidade!
Texto: Guia Ooizine
Imagens: Reprodução
Imagem Monte Fuji
Milhares de turistas visitam o Monte Fuji todos os anos – Imagem Freepik

O Monte Fuji é um símbolo nacional e roteiro obrigatório

O Monte Fuji (富士山, Fujisan), com seus 12.388 pés (aproximadamente 3.776 metros de altitude), é considerada a maior montanha do Japão e indiscutivelmente o símbolo mais famoso do país. Localizada próxima à costa do Oceano Pacífico, a montanha está entre as províncias de Yamanashi e Shizuoka ken, no centro da ilha de Honshu (本州, Honshū); cerca de 60 milhas (100 km) a oeste da área metropolitana de Tóquio.

O Fuji-san é um vulcão nevado, que está adormecido há mais de 300 anos (desde sua última erupção em 1707), mas ainda é geralmente classificado como ativo pelos geólogos. Além disso, o Fuji-san é a principal atração do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu e até foi nomeado a Patrimônio Mundial da UNESCO em 2013. Não há passeio que se compare à uma escalada no Monte Fuji ou caminhada pelos seus arredores. Por isso, para aqueles que desejam ter uma experiência verdadeiramente única, esse deve ser um item indispensável na lista dos principais destinos a serem conhecidos no Japão.

A Grande onda de Kanagawa – Artista: Hokusai

Faz parte da cultura japonesa

O Monte Fuji com seu belo formato cônico, tornou-se um símbolo famoso no mundo todo, principalmente no Japão, onde é considerado um ícone importante e sagrado. Entre os japoneses, há um senso coletivo de identificação com a montanha, por isso a cada verão, milhares costumam subir até o seu pico. Além do mais, por fazer parte da tradição do país, o Fuji já foi reproduzido inúmeras vezes na literatura e na arte japonesa. Inclusive, pelo renomado pintor Hokusai, em uma famosa série de xilogravuras intitulada de “Trinta e seis Vistas do Monte Fuji”, que originalmente foi publicada entre os anos de 1826 e 1833.

Kitaguchi Hongu Fuji Sengen Jinja – Imagem Wikipedia

Um local considerado sagrado

Considerada uma montanha sagrada pelos praticantes do xintoísmo (神道) – pelo menos desde o século VII –, o Monte Fuji é um local cercado por templos e santuários. Esses santuários são xintoístas e homenageiam os kami, as divindades da religião Shinto. A divindade do Fuji-san é representada pela Princesa Konohanasakuya, cujo símbolo é a flor de cerejeira. Escalar essa montanha sempre fez parte de uma prática religiosa, muito embora até a Restauração Meiji (1868) as mulheres não tivessem permissão para escalá-la. Inicialmente, a subida até o topo era feita por homens peregrinos, que costumavam utilizar vestes brancas.

Hoje em dia, grandes multidões compostas por praticantes ou não, se aglomeram ali principalmente durante a temporada de escalada. Normalmente, os escaladores partem à noite para chegar no pico ao amanhecer, quando se é possível ver o nascer do sol.

Escaladores subindo a trilha de Yoshida no monte Fuji – Imagem Freepik

Quanto tempo leva para escalar o Monte Fuji?

Devido às condições climáticas adversas, o Monte Fuji só pode ser escalado numa época específica, ainda que seja possível fora da temporada (seguindo um determinado protocolo), não é aconselhável, pois as chances de ocorrerem acidentes é grande. Isso significa que para marcar essa incrível experiência em sua lista de desejos será preciso planejamento. Sendo assim, a mais segura época recomendada para que se consiga desfrutar de toda beleza e experiência que a montanha pode proporcionar, é durante a temporada de escaladas no verão, que vai geralmente do início de julho ao final de agosto.

No entanto, se você acha que é algo impossível de se fazer, saiba que uma pessoa leva em média apenas de 4 a 8 horas para escalar o Monte até seu topo. Ou seja, seguindo o protocolo e as devidas recomendações fica bem mais fácil.

Imagem Monte Fuji
O Monte Fuji é uma visão encantadora para turistas de todo o mundo – Imagem Freepik

Informações para quem pensa em conhecer o Monte Fuji

Se você está pensando em visitar o Monte Fuji e a região, vale a pena antes checar informações como boletins de segurança as condições do tempo na região. Abaixo você vai encontrar links para sites com diversas dicas importantes para você! Bom passeio!

Site com informações sobre a região do Parque de Fuji-Hakone-Izu
https://www.fujihakoneizu.com

Site do Ministério do Desenvolvimento do Japão
https://www.env.go.jp/en/nature/ nps/park/fujihakone/ index.html

Faça reservas em alojamentos e ryokans na região do Monte Fuji
https://www.japaneseguesthouses.com/ ryokan-search-results/ Mt-Fuji/

Veja a galeria

Veja também

Escolha seu idioma