fbpx
Imagem para mtéria Cidade de Kawagoe 1
Aspectos sociais da cidade de Kawagoe foram importantes no passado medieval japonês – Créditos: PXHERE

A cidade de Kawagoe em Saitama é uma releitura nostálgica de Edo

Passear pelas ruas e vielas de Kawagoe em Saitama é um mergulho no passado. Resgatamos a história de quase 250 anos dessa antiga cidade.
Texto: Eder Hashizume
Imagens: Reprodução
Imagem para mtéria Cidade de Kawagoe 3
Atualmente, a maioria dos antigos armazéns de Kurazukuri abriga aconchegantes restaurantes, charmosas cafeterias e lojinhas de lembrança – Créditos: PXHERE

A cidade de Kawagoe em Saitama é uma releitura nostálgica de Edo

Kawagoe (川越), localizada na região central da província de Saitama, é uma releitura nostálgica de Edo (江戸) conhecida nos dias de hoje como Tóquio (東京).
No século XVIII, os comerciantes da localidade forneciam diversas mercadorias para a população da capital japonesa. Conforme foram aumentando, as vendas trouxeram fama e fortuna para Koedo (小江戸), nome adotado no passado pelos moradores de Kawagoe. Entretanto, atualmente, a cidade vive do turismo histórico.
No período Edo (1603~1868), quando a sociedade japonesa estava sob o domínio do xogunato Tokugawa e cerca de 300 senhores feudais, Kawagoe foi considerada ponto estratégico, ligando a antiga capital japonesa ao norte do país. Dessa forma, emissários da casa militar japonesa foram enviados e se estabeleceram na região com a construção do castelo Kawagoe. Por consequênci, o fato foi fundamental para que a cidade ganhasse também importância comercial. Os mercadores locais prosperaram. Construíram armazéns, galpões e outros estabelecimentos. Foi onde surgiu o distrito de Kurazukuri (蔵造りの町並み).

Imagem para mtéria Cidade de Kawagoe 2
A Torre do Sino é marco importante de Kawagoe – Créditos: SPIRA

Na era Edo Kawagoe foi considerada ponto estratégico em Saitama

Na língua japonesa, a palavra “kura” significa armazém. Kurazukuri são construções onde suas paredes são feitas de barro, no antigo estilo arquitetônico Edo. Também os galpões e todas as outras lojas foram construídas seguindo a mesma inspiração. Atualmente, Kurazukuri é um distrito de vários quarteirões onde seus armazéns foram preservados. O mais antigo deles, em processo de restauração, pertencia a família Osawa que comercializava quimonos. Hoje, a maioria dos antigos pontos comerciais abriga aconchegantes restaurantes, charmosas cafeterias e lojinhas de lembrança.

Vale a pena conhecer Kawagoe também durante a noite – Créditos: PXHERE

A cidade de Kawagoe possui também templos e museus que valem uma visita

Uma das vielas mais visitadas é de confeitos Kashiya Yokocho, (菓子屋横丁). Desde a era Meiji (1867~1912), 70 casas comerciais produziam várias guloseimas. Restaram cerca de 20 estabelecimentos que ainda produzem diversos doces de maneira artesanal. A Torre do Sino (時の鐘) é outro marco de Kawagoe. Construída entre 1627 e 1634, ela alertava a população contra incêndios. Justamente, o Grande Incêndio de Kawagoe de 1893, a destruiu completamente. Foi restaurada no ano seguinte e, atualmente, seu som pode ser ouvido quatro vezes por dia (6h, 12h, 15h e 18h). Templos e museus da cidade, que mostram aspectos culturais como os matsuris (祭り), também são pontos interessantes para visitação.

Informações

KOEDO KAWAGOE

Endereço:
〒350-0062 Saitama Ken Kawagoe Shi Motomachi 1-15-8

Telefones de contato:
049-227-8236

Site:
https://www.koedo.or.jp/foreign/portuguese/

Autor

Foto Eder Hashizume

Eder Hashizume

Eder é jornalista veterano e professor no Japão

Veja também

Escolha seu idioma